1ª Jornada Fase final CN Grupo Sub-18 RC Lousa – 30 Caldas RC – 24

1ª Jornada do CN Grupo B Serie 1 Apurados Sub-18 RC Lousã vs Caldas RC

Os nossos Pelicanos sub-18 iniciaram, este Domingo, a segunda fase do campeonato sub-18 Grupo B, Serie 1 Apurados, após se terem apurado, em 1º lugar no seu grupo na fase de apuramento.

O Caldas Rugby Clube irá disputar esta fase com as equipas do RC São Miguel, RC Setúbal, CR Évora, CRAV e RC Lousã. Um prémio merecido para esta muito jovem equipa Caldense, constituída por jogadores ainda do escalão sub-16, mas que já revelam a atitude, entrega e compromisso de verdadeiros Pelicanos.

A nossa equipa deslocou-se à Lousã para jogar a 1ª jornada com o RC Lousã. Um jogo previsivelmente difícil, onde os Pelicanos acabaram derrotados por 30 -24, num jogo em que o vencedor esteve incerto até aos últimos instantes da partida.

A equipa Caldense iniciou esta segunda ronda com muitas faltas, duas lesões e três jogadores utilizados na Taça de Portugal com a equipa sénior, que forçaram os Caldenses a dar uma oportunidade aos jogadores mais novos que tem demonstrado uma evolução muito positiva e que os tornaram aptos a reforçar a equipa do escalão superior. Assim o Caldas RC atacou esta jornada com apenas 17 jogadores na folha de jogo dos quais 7 habitualmente atuam no escalão sub-16.

A equipa da casa, ostentando uma superioridade de estatura física e apresentando um pack avançado mais pesado, assumiu o seu favoritismo e entrou forte no jogo. Os jovens Pelicanos encaixaram bem e numa jogada bem construída e rápida chegaram ao primeiro ensaio através do seu três-quartos ponta, Tomás Fidalgo Dias, um dos mais jovens em campo. Convertido pelo capitão, Tomás Lamboglia, o Caldas vencia por 0 – 7 aos 10 minutos.

Aos 19 minutos, os visitantes ficaram reduzidos a 14 após expulsão temporária por palavras dirigidas ao árbitro. Com menos um elemento os Pelicanos sofreram uma maior pressão adversária que resultou num ensaio transformado aos 23 minutos.

Mas os Caldenses, ainda com menos um, responderam logo com garra e bem organizados numa bela jogada coletiva que permitiu a penetração nas linhas adversárias do 2º centro, Eduardo Vieira, que transportou a bola até à zona de ensaio.

O jogo continuou equilibrado e muito disputado conseguindo a equipa da casa um pontapé de penalidade aos 29 minutos e um ensaio não transformado aos 31 minutos.

Mas o Caldas chegaria de novo ao ensaio, aos 34 minutos, pelo seu asa Leonardo Ferreira, conseguindo chegar ao intervalo na posição de vencedor.

Ao intervalo, RC Lousã – 15 / Caldas RC – 17.

Como se esperava, o RC Lousã entrou forte na segunda parte e decididos em vencer à frente do seu numeroso público, levando o Caldas a cometer uma falta para penalidade logo aos 3 minutos e conseguindo mais um ensaio transformado aos 10 minutos da segunda parte.

Mais uma vez, com uma atitude corajosa e lutadora, os jovens Pelicanos foram à luta decididos, também, em arrancar uma vitória num campo difícil. Aos 20 minutos, o Caldas conseguia o ensaio, desta vez numa sequência de fases com posse de bola bem controlada e uma ação decisiva dos seus avançados culminando com um mergulho portentoso do seu nº 8, Baltasar Fernandes.

Estava o resultado num apertadíssimo 25 -24, com duas equipas a dar o tudo por tudo, quando o RC Lousã conseguiu aos 30 minutos conquistar mais cinco pontos, colocando o Caldas a uns perigosos 6 pontos que poderiam ser desfeitos com um ensaio convertido.

A partida acabou com os Pelicanos a pressionar forte a equipa da casa nos seus últimos 10 metros, com uma entrega assinalável mas que não seria recompensada. A partida terminou com uma vitória do RC Lousã que assentaria também muito bem à equipa forasteira.

Resultado Final: CR Lousã – 30 (4 E, 2 T, 2P) / Caldas RC – 24 (4 E, 2 T)

O Caldas acabou por pontuar o ponto bónus defensivo.

A destacar pela positiva a atitude corajosa e generosa dos Pelicanos, com especial destaque para os mais jovens que provam bem a qualidade dos nossos atletas e da sua formação. Uma palavra também para a arbitragem que foi justa, ponderada e pedagógica.

Uma palavra final sobre o comportamento dos responsáveis técnicos e dirigentes da equipa Beirã que não abona o que deve ser a postura de verdadeiros Rugbistas, muito em particular nestes escalões jovens, que, apesar de competição, têm na transmissão dos valores da nossa modalidade uma particular importância.

Na próxima jornada o Caldas RC recebe o CR Setúbal no domingo 15 de Janeiro 2017 pelas 12h00, no complexo municipal das Caldas da Rainha.

Alinharam pelo CRC: Bernardo Nascimento, Ricardo Rei, José Maria Vieira, Diogo Vieira, Afonso Montargil, Leonardo Ferreira (1E), António Maltez, Baltazar Fernandes (1E), Duarte Jasmins, Tomás Lamboglia (Cap., 2T), Tomás Dias (1E), Mateus Neves, Eduardo Vieira (1E), Diogo Lucas, Carlos Prieto, José Contreras e Álvaro Jasmins.
Treinadores: Patricio Lamboglia
Fisioterapeuta: João Raimundo/Physioclem
Diretor de Equipas: Adelino Jacinto

A equipa foi acompanhada pelos membros da Comissão Diretiva, Antonio Maltez e Pedro Lucas.

Os nossos agradecimentos ao apoio da Transwhite que cedeu duas carrinhas para o transporte da equipa.

e, também, aos nossos patrocinadores:

Partilhar...Share on Facebook
Facebook