2ª Jornada CN2 Caldas RC – 24 vs RC Santarém -20

 

2ª Jornada CN2 Seniores

 

Ao derrotar o RC Santarém por 24 -20 o Caldas RC vence o derby do Oeste

 

Domingo de enorme calor e tarde ventosa, imenso público das duas equipas nas bancadas, dois teams que se entregaram com tudo a um jogo disputado do primeiro ao último minuto, arbitragem no mesmo registo e uma terceira parte de grande convívio como já é tradição neste derby. O Rugby é isto!

 

O Caldas RC, vindo de uma derrota considerada “injusta” pela equipa Pelicana, mas com o regresso de quatro jogadores impedidos na jornada anterior, o RC Santarém vindo de uma vitória moralizante, o derby estava lançado para o que se veio a assistir: duas equipas a lutar pela vitória.

 

Estiveram melhores os Pelicanos ainda que os Cavaleiros procurassem sempre responder. O encontro valeu pela luta, que quer Caldenses quer Escalabitanos puseram em campo, o que provocou algumas falhas técnicas que comprometeram várias possibilidades a ambos os conjuntos.

 

A jogar contra o forte vento, o Caldas RC realizou uma primeira parte competente, saindo ao intervalo na frente por 11-8.

Nos primeiros 10 minutos trocas de pontapés de penalidade colocaram os Pelicanos a comandar. Tomás “Tommy” Lamboglia esteve irrepreensível neste capítulo com duas transformações neste período.

 

Aos 31 min. o jogo muito forte do trio central dos Cavaleiros conseguiu uma boa penetração a partir de uma penalidade jogada rapidamente à mão e o toque de meta final; Caldas RC – 6 / RC Santarém – 8.

 

Respondeu o Caldas e, aos 35 minutos, após uma excelente iniciativa do seu centro Tiago “Samu” Santos proporcionou uma finalização ao nº 8 Pelicano Filipe “Fili” Gil; Caldas RC – 11 / RC Santarém – 8.

 

 

No final do primeiro tempo o Santarém viu-se penalizado com um amarelo; a primeira linha dos Cavaleiros mostrou-se muito faltosa.

Na segunda parte, a jogar a favor do vento, o Caldas jogou a partir de pontapés táticos e à touche do seu médio de abertura, respondendo o Santarém com o seu jogo a partir do 3 do centro.

 

E logo aos 44 minutos, mesmo jogando com 14, os visitantes aproveitaram uma falha de placagem da equipa da casa e conseguiram um ensaio, entre os postes, bem transformado, colocando-se na frente do marcador; Caldas RC – 11 / RC Santarém – 15.

 

Refrescando a sua primeira linha os Pelicanos procuraram o ataque e, aos 50 minutos, aproveitando uma interceção, o arrie Gonçalo Silva penetrou a defesa Escalabitana e numa corrida de 70 metros conclui entre os postes; com a fácil transformação por Tommy Lamboglia, o marcador passou para Caldas RC – 18 / RC Santarém – 15.

 

Já com ambas as equipas completas o jogo prosseguiu com parada e resposta. Aos 57 minutos os Caldenses viram o seu pilar Rui Santos penalizado com 10min. no ”sin beam”.

 

Os Pelicanos aguentaram bem esta falta, defendendo com grande pressão a linha da vantagem e obrigando os Cavaleiros a inúmeras falhas técnicas, e, quando aos 72 minutos, o Santarém se viu de novo com 14 em campo, fruto de um novo cartão amarelo, o Caldas ganhou um ânimo acrescido e acreditou que poderia sair vencedor.

 

Aos 72 min. Tommy Lamboglia voltou a concretizar uma penalidade colocando o resultado em Caldas RC – 21 / RC Santarém – 15.

 

Prosseguindo na mesma toada, o Santarém tentou tudo mas a forte defesa do Caldas resistiu e, procurando sempre com pontapés táticos colocar a oval nos 22 metros adversários, acabou por provocar uma nova tentativa aos postes, mais uma vez magnificamente concretizada por Tommy Lamboglia; aos 78 minutos Caldas RC – 24 / RC Santarém -15.

 

 

Não desistiram os Cavaleiros e, como é apanágio de uma equipa de Rugby procuraram até ao fim inverter o resultado e, na bola de jogo, esta atitude foi premida com um toque de meta e a conquista do ponto bónus defensivo.

 

Resultado Final: Caldas RC – 24 / RC Santarém – 20.

 

Os aplausos finais das duas bancadas foi o justo prémio para a entrega e capacidade de luta leal dos dois conjuntos.

 

Vitória justa dos Pelicanos, que acreditaram e impuseram o seu Rugby. Numa época para o Rugby Português que se adivinhava muito difícil a resposta da Equipa só enobrece o trabalho que o Clube vem desenvolvendo.

 

Alinharam pelo Caldas RC: Alexandre Silva, Bruno Silva, Cristiano Manuel, Diogo Vasconcelos, Duarte Jasmins, Filipe Gil (1E), Gonçalo Sampaio, Gonçalo Silva (1E), Gustavo Moura, Leonardo Ferreira, Luis Gaspar, Norman Coic, Ricardo Marques, Ricardo Rei, Rui Santos, Salvador Cambournac, Sebastião Vasconcelos, Tiago Santos, Tomás Jacinto, Tomás Lamboglia (Cap.) (1T, 4P).

Treinador: Patrício Lamboglia

Diretor de Equipa: António Ferreira Marques

Delegado ao Jogo: Adelino Jacinto

Fisioterapeuta: Rodrigo Santos/Physioclem.

 

 

Os nossos agradecimentos ao apoio da CM Caldas da Rainha e aos nossos patrocinadores.

 

 

Partilhar...Share on Facebook