2ª Jornada Fase Final Taça de Portugal Caldas RC – 12 (2E, 1T) vs CDUP – 19 (3E, 2T)

 

2ª Jornada Fase Final Taça de Portugal Sub 18

Caldas RC vende cara a derrota com CDUP

Após o magnífico comportamento na Fase Final do Campeonato Nacional Grupo B, e depois de ter conseguido, com grande mérito, o acesso à Fase Final da Taça de Portugal Placard, os Pelicanos estreavam-se nesta competição frente à forte formação do CDUP, recente sexto classificado no CN Grupo A.

Mais uma vez os jovens jogadores, do escalão de competição de acesso aos Séniores, viram-se desrespeitados pela Federação Portuguesa de Rugby e pelos responsáveis pela arbitragem nacional. Não se pode continuar a admitir jogos destas competições não terem árbitros nomeados/disponíveis e sempre com maior prejuízo para os Clubes de fora de Lisboa.

A dedicação ao Rugby de alguns jogadores Séniores do Caldas RC, permitiu que o jogo se realizasse. Com o acordo do CDUP a partida foi arbitrada pelo recente internacional Sub20 Tommy Lamboglia que esteve à altura.

A partida foi muito bem disputada. Jogo intenso, com grande entrega de parte a parte e Rugby bem interpretado e jogado.

A primeira parte foi equilibrada. Chegou o CDUP à vantagem logo aos 3 minutos, aproveitando uma falha no posicionamento defensivo dos Pelicanos.

Equilibrou o Caldas, defendendo com eficácia, ainda que não tenha tido grandes oportunidades para atacar.

Os Universitários do Porto desperdiçaram, no final da primeira parte, dois ensejos de pontuar, ao disporem de duas tentativas aos postes.

Ao intervalo: Caldas RC – 0 / CDUP – 5.

Empolgado e mais confiante o Caldas reentrou disposto a lutar pela vitória, colocando-se nos 22 metros dos “verdes”.

Uma interceção feliz de um último passe da linha de ¾ Pelicanos para o ensaio, levou ao segundo toque de meta do CDUP, aos 38 minutos, entre os postes, facilmente transformado.

Desconcentrou-se o Caldas, sentindo a “injustiça” e, permitiu, aos 41 minutos um terceiro ensaio, também transformado.

Com o resultado desfavorável em 0 – 19, os jovens Pelicanos sentiram que podiam fazer melhor. Mais soltos instalaram-se no meio campo adversário e foram à procura do resultado.

Aos 55 minutos o centro JP Lamy, ainda Sub16, acreditou e após um magnífico pontapé a seguir, chegou ao ensaio, bem transformado pelo “arrier” Afonso Pecegueiro, outro Sub16.

A pressão da equipa da casa acentuou-se e aos 65 minutos o poderoso asa Wilson Bento chegou a novo toque de meta.

Os últimos 5 minutos foram de domínio Pelicano. Foi a vez de o CDUP defender com tudo.

Resultado Final: Caldas RC – 12 (2 E, 1 T) / CDUP – 19 (3 E, 2 T)

Vitória que se aceita da Equipa mais adulta. Grande resposta dos Pelicanos, mais jovens, com menos experiência nestes confrontos, mas que mostrou estar ao nível das melhores formações deste escalão.

Alinharam pelo Caldas RC: Afonso Montargil, Afonso Pecegueiro (1T), Álvaro Jasmins, António Maltez, Bernardo Nascimento, Caetano Perez, Carlos Prieto, Diogo Vieira, Duarte Jasmins (Cap.), Gonçalo Peres, João Pedro Lamy (1E), José Maria Vieira, José Contreras, Manuel Carriço, Paulo Pereira (Torrense Rugby), Pedro Correia, Rafael Marcos, Rodrigo Henriques, Rodrigo Pereira, Tomás Dias, Wilson Bento (1E).

Treinador: Patrício Lamboglia

Diretor de Equipa: António Ferreira Marques

Fisioterapeuta: Erica Balseiro/Physioclem.

Os nossos agradecimentos ao apoio da CM Caldas da Rainha e aos nossos patrocinadores.

Partilhar...Share on Facebook
Facebook