Meia-Final Taça Portugal Shield Sub18 SL Benfica Rugby – 26 (4E, 3T) vs Caldas RC – 5 (1E)

 

Meia – Final Taça de Portugal Shields Sub 18

Caldas RC perde no Jamor frente ao SL Benfica Rugby

Numa tarde ventosa e a ameaçar chuva, o Caldas RC deslocou-se ao Jamor para defrontar a forte equipa do Benfica Rugby numa partida que valeria o acesso à Final Shield da Taça de Portugal.

Os Pelicanos apresentaram-se com apenas 15 jogadores, ausências por lesões de última hora e indisponibilidades várias por motivos académicos e familiares. Mas, como é seu apanágio, o Caldas foi a jogo para disputar o resultado.

Mais poderosos fisicamente e mais adultos – equipa totalmente constituída por jogadores do escalão e com jogadores regularmente já com idade sénior, os Encarnados superiorizaram-se nas fases estáticas, em particular nos alinhamentos. Encadeando várias fases à mão a partir dos seus avançados, o Benfica instalou-se no meio campo Caldense e só alguns erros de manuseamento ia impedindo a finalização de jogadas.

Aos 9 minutos chegaram ao ensaio, pelo seu arrier, que também concretizou a transformação.

Reagiu o Caldas e passou a encadear algumas fases à mão. Respondeu o Benfica sempre com uma defesa muito pressionanrte e agressiva, não dando espaço aos pelicanos para ultrapassar a linha da vantagem.

A partida foi-se desenrolando com algum equilíbrio.

Aos 31 minutos e aproveitando uma excelente penetração do 2º centro Carlos Prieto, o Caldas chegou ao ensaio. Na tentativa de transformação, Afonso Pecegueiro foi infeliz, acertando no poste.

Ao intervalo: SL Benfica Rugby – 7 / Caldas RC – 5.

Resultado equilibrado, mais intensidade do Benfica mas boa resposta dos Pelicanos, a quem faltou uma melhor decisão nos movimentos de ataque para obter uma vantagem no marcador.

Esperava-se uma maior intensidade do Benfica na 2ª parte mas tal só se concretizou em absoluto a partir dos 20 minutos iniciais desta metade, quando finalmente a resistência física dos Pelicanos, sem ninguém no banco para substituir, se esgotou.

O Caldas ainda foi equilibrando nos primeiros 10 minutos, jogando o seu Rugby tradicional, à mão, colocando a defesa Encarnada sob pressão. Aos 12 minutos e como corolário deste ascendente beneficiou de uma penalidade tentada aos postes, mas que não teve êxito.

Manteve a mesma toada o Caldas, mas cada vez com maior dificuldade em ligar as iniciativas de ataque e começando o Benfica a instalar-se nos 22 metros Pelicanos. Ia respondendo o Caldas, defendendo com bravura, mas cometendo diversas faltas.

Aos 59 minutos o Benfica chegou ao segundo ensaio, pelo seu médio de formação, na sequência de mais uma mellée.

Terminou aqui a resistência do Caldas, e o Benfica, carregando no acelerador chegou, com naturalidade a mais dois ensaios aos 63 minutos e na bola de jogo, ambos transformados.

Um assomo final de brio dos Pelicanos, que lutaram com alma.

Resultado Final: SL Benfica Rugby – 26 (4E, 3T) / Caldas RC – 5 (1E).

Vitória sem contestação da Equipa mais adulta, e que apresentou, a espaços um Rugby bem estruturado.

Boa resposta dos Pelicanos, equilibrando o jogo e o marcador até aos 10 minutos finais.

Comportamento disciplinado de ambas as Equipas, num encontro interessante de seguir. Arbitragem correta de Álvaro Oliveira.

Alinharam pelo Caldas RC: Afonso Montargil, Afonso Pecegueiro, Álvaro Jasmins, António Maltez, Bernardo Nascimento, Carlos Prieto (1E), Duarte Jasmins (Cap.), João Pedro Lamy, José Maria Vieira, Manuel Carriço, Paulo Pereira (Torrense Rugby), Pedro Correia, Rafael Marcos, Rodrigo Henriques, Wilson Bento.

Treinador: Patrício Lamboglia

Diretor de Equipa: António Ferreira Marques

Fisioterapeuta: Rodrigo Santos/Physioclem.

Termina, assim, a época de Rugby XV da equipa Sub18 do Caldas RC. Uma época em que esta jovem equipa, constituída em cerca de 50% por jogadores ainda do escalão Sub16, evidenciou progressos assinaláveis, classificando-se para as fases finais no Campeonato Nacional Grupo B e na Taça de Portugal, onde competiram ao mais alto nível com algumas das melhores equipas nacionais.

Continuem estes jovens com a mesma atitude e compromisso, treinando com mais intensidade e melhorando os aspetos técnicos e táticos do jogo e certamente o futuro do Rugby Pelicano estará assegurado.

A Equipa do Caldas RC deslocou-se em carrinhas gentilmente cedidas pela TransWhite.

Os nossos agradecimentos ao apoio da CM Caldas da Rainha e aos nossos patrocinadores.

Partilhar...Share on Facebook
Facebook